11 de julho de 2015

Tarte Tartin de Maça Granny Smith



Olá!!
Que saudades eu tinha de vir aqui, ao meu cantinho!
Sei que me ausentei durante 4 meses, 
mas foi por uma boa causa: - voltei a trabalhar.
E foi tudo muito rápido, e o tempo todo livre que tinha,
ficou reduzido a tempo nenhum, que o guardo para estar com a familia,
ou então para descansar, para não falar da casa e outras coisas.
Mas penso que ficam felizes por mim, e me perdoam a falta de visitas e comentários nos vossos blogs.
Mas isto é assim mesmo, eu deixei de postar,
deixei de ter visitas e de ter comentários,
mas como diz o ditado?
"Longe da vista, longe do coração".
Mas esta situação retomará ao normal, pois agora já consigo controlar e gerir melhor o meu tempo, e logo logo irei atualizar os meus compromissos perante vós.
Também os meus trabalhos ficaram parados e o mesmo se passa com as minhas encomendas.
Mas, para esquecer os entretantos, hoje trago-vos uma tarte de maça, daquelas que quando comemos, nos consolamos. Deixo também o link no final da página.
Beijinhos.



A maça mais adequada para esta tarte é a granny smith,
Mesmo depois de cozida, mantém a sua forma e textura.
Não se desfaz e sente-se o sabor natural da maça.







Como diz o nome, tarte tartin ou  tarde virada ao contrário.

Experimentem.
É mesmo à Chef.

Beijinhos,
bom fim de semana.





28 de março de 2015

Saco em tecido para as compras



Agora que os sacos se pagam, nós mulheres (que criam com as mãos) sentimos-nos encorajadas a fazer todo o tipo de sacos que imaginamos, e cheias de garra.
E damos asas à imaginação: Aproveitamos retalhos, inovamos com o que temos à mão, e reciclamos, e fazemos "trinta por uma linha".
E eu adoro ver esse trabalhos cheios de amor e dedicação, quando visito as minhas amigas e as vejo cheias de ideias, e a pô-las em prática.
Eu também ando assim, e resolvi aproveitar uns tecidos que me deram e que combinaram na perfeição. E fiz um saco para as compras, e ofereci-o à minha mãe, que ainda compra na mercearia tradicional, e que lhe veio a dar muito jeito.
O saco é grande, mas não parece.
Aqui ficam as fotos!


Fundo e alças em tecido floral

Sem forro. O tecido é muito grosso e opaco, não foi necessário

Bem lisinho, com boa armação

Costuras arrematadas pelo interior.
(Costura inglês)

Ainda fiz um "esfregão" para a loiça, coisa que em minha casa não dispenso.
É ultra higiénico, um bom condutor da gordura da loiça para a água.
Nunca fica no pano, é garantido.

É leve e suave para lavar a loiça, e protege em muito as unhas.




Fico a aguardar por uma visita da vossa parte.
Eu sei que ando em falta, 
mas é por uma boa causa,
mas prometo que logo logo visitarei a vossa "casa".
Beijinhos e até breve


Bom fim de semana.
Conceição Esteves

19 de março de 2015

Meias para o dia do Pai




Para o meu pai!
54% de lã e restante em acrílico.
Lã boa, quente, mas sobretudo macia e confortável.
É um prazer trabalhar com este tipo de fio.


Tamanho 40/42

Cor cru, a minha preferida para as meias.

Uma técnica nova de reforço de calcanhar.
(Para ver se não remendo tantos :)


A ponta do pé bem redondinha, para um ajuste mais anatómico.

Revesilho em canelado 2x2


Feliz dia do Pai!



Beijinhos e até breve.

Conceição Esteves

16 de março de 2015

Almofadinhas para Agulhas e Alfinetes em Patchwork



Não consigo mesmo deitar fora retalhos de tecidos, 
por mais pequeninos que sejam,
e ás vezes,
são mesmo muito pequeninos,
mas depois juntamos um a um,
 e sempre resulta em alguma coisa.

Duas almofadinhas para os alfinetes e agulhas.
Dá sempre jeito.
Mais alguém com esta mania, 
de guardar pedacinhos de tecido?




Fiquem bem.
Até breve,
Beijinhos.

Conceição Esteves


11 de março de 2015

Mais meias com calcanhares novos


Se não me engano, estas são as últimas que consertei.
São do meu marido, e
hão-de aguentar mais uns tempos.
Lá para o Natal farei meias novas, 
pois espero que mal venha a Primavera,
não precise mais delas,
 mas por enquanto 
ainda dão muito jeito,
pois cá por cima ainda faz noites muito frias.

Deixo um antes e depois,
nas fotos que se seguem. 









Beijinhos e até breve.

Acho que ainda tenho mais meias para mostrar,
ou não?!!!
Vou ver.

Conceição Esteves

10 de março de 2015

Mug Rug - Potholder - Pega panelas


Tenho muitos, e todos me encantam.
Gosto de os fazer, de os ter, e de os usar.
Para mim nunca são de mais.
Tenho gavetas deles, 
pois quando tenho retalhos e não sei o que hei-de fazer,
faço mug rugs, potholders, pegas, etc.
Gosto de usar este tecido que já é acolchoado por natureza.
Corto duas partes iguais e aplico o viés à volta.
15 minutos garanto, e já está!

O verde é igual dos dois lados

De um lado é azul,
do outro rosa.



Tenho muitos ainda por mostrar.
Da próxima vez.

Beijinhos,
Conceição Esteves





8 de março de 2015

Conjunto Escolar



2 Porta Lápis

Cor amarelinho; cãezinhos salsicha; bolichas coloridas.

Combinação perfeita de cores e motivos,
para um conjunto primaveril,
para uma menina que fez 10 anos.

A minha Leonor.










A festejar o seu aniversário com a turma.
A Leonor, é a do meio, a mais alta.
Comentem se gostaram.
Beijinhos e bom Domingo.

Conceição Esteves



6 de março de 2015

Toalhas de mão



Há alguns anos, que perdi completamente a vontade de comprar tudo aquilo que descobri que eu posso fazer cá em casa.
Se preciso de almofadas, faço se preciso de uma saída de banho, faço se preciso de uma cortina, faço e por aí fora.
Descobri, que o prazer de fazer é maior que o prazer de comprar.
E depois trás outras vantagens atrás: - Fica mais barato, fica ao nosso gosto, e foi feito por nós.
E isto aplica-se a coisas pequeninas, como é o caso destas toalhas de mão, mas também a trabalhos de porte maior.
No meu caso passo a explicar:

De uma toalha de banho usada mas de qualidade, resolvi aproveitar as bordas (porque no meio estava gasta e transparente do uso), e com viés e umas tiras de tecido, nasceram quatro toalhas de mão para a cozinha. E com as partes mais velhas, panos para limpar a casa de banho.
Limpam que é uma maravilha, pois são super absorventes e macias.
Sei que tão depressa não preciso de comprar toalhas.
Experimentem em fazer algo semelhante, é tão gratificante e reciclar e ser amiga do ambiente, contribuindo para a redução do lixo doméstico, é ainda maior.



As costuras laterais foram feitas em ziguezague largo e apertado
pois já sabem que trabalhar com felpo é complicado pois este desfia muito,
e costuras dobradas é tarefa impossível neste tipo de felpo grosso.

Do avesso ficaram lisas, no caso das duas barras mais largas,
no caso da mais estreita, é só aplicação do viés normalmente.

De tamanho quase idênticas, ficaram assim
com um ar de graça.

Ficam tão bem na minha cozinha!

Beijinhos e até breve.

Conceição Esteves


28 de fevereiro de 2015

Carteira para documentos


em tecido.

Esta foi a primeira!
Com alguns entraves pelo caminho, 
porque este tipo de trabalho requer entretelas 
com várias espessuras, 
e por cá esse material não existe.
De qualquer maneira,
depois com os cartões 
ela fica firme e estável.
Os tecidos são de uma gama muito bonita 
e conjugam muito bem entre si.

Do modo que já foi para as mãos de outra dona.
(Sem o conteúdo, é claro :))





Até breve!
Beijinhos de Conceição Esteves




24 de fevereiro de 2015

Estojo de costura



Ainda uma prenda de Natal, 
de entre outras que ainda não mostrei, 
mas que o farei oportunamente.

Um estojo de costura (mini),
para andar na carteira, 
ou para andar junto de algum trabalho que estejamos a fazer,
no dia a dia.




Tecido muito antigo tipo vintage, debruado a viés de cetim,
que lhe confere um ar muito delicado.

Á esquerda temos um fecho, que guarda os objetos mais pequenos e que possam caír.
Guarda também a tesoura, o cortador de linhas.
Temos um pequeno livro de duas páginas que seguram os alfinetes e agulhas.
Em baixo um bolso para a fita métrica.
Há direita, dois bolsos em tecido e plástico (vinil)
abertos, para fitas ou elásticos, linhas ou botões.
Para estes acessórios ou outros.

Posição para fechar em três partes.

Fita a dar a volta e prender com laço à frente.

Assim...

Frente

Atrás


Espero que tenham gostado!
Até breve.
Não deixem de comentar.
Um blog não sobrevive sem comentários :)

Beijinhos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...